widget

6 de fevereiro de 2010

Sábado, 6-2-2010

Com o regresso do sábado, regressam também os passeios dos “Pedaladas”. Já há muito tempo que o grupo (ou parte do grupo) elegeu o sábado para pedalar no monte, ficando o domingo para pedalar na estrada. No princípio, apenas quatro ou cinco elementos se aventuravam no monte, preferindo os restantes pedalar somente na estrada, mas, ultimamente a “malta” comparece em força para as “aventuras” do monte e prova disso é que hoje (6-2-2010) lá estávamos dez elementos para mais uma manhã bem passada. Às 8 horas, depois de resolvido um pequeno problema na “jumenta” do Jy, lá se iniciou o passeio. Começamos por subir o Bairro, entramos no caminho do campo dos Quivis tomando a direcção da casa (apenas com as ruínas) Cabanas, local que aproveitamos para tirar umas fotos. De seguida, subimos o monte (subimos, como quem diz, ora em cima da bike, ora com “ela” à mão) em direcção à S. Marinha. Foi neste pequeno, mas difícil trajecto, que o Tony começou a dar “o ar da sua graça”, espalhando-se pela primeira vez! Depois da S. Marinha descemos até Freitas, (onde os mais ousados, começaram a “dar gás” até ao fundo) voltando a subir novamente em direcção à capela da Sra do Monte. Não chegaríamos ao topo, sem o Tony…dar mais uma das suas, já famosas, quedas! (por sorte, para o Tony, é que desta vez o fotografo não conseguiu registar a queda). Vá lá!..pelo menos este sábado o Tony ficou-se pelas duas! Depois de tirarmos mais umas fotos nesta bonita paisagem, descemos até Gondomar e mais uma vez o terreno era propício para que os aceleras mostrassem aquilo que valem. Pois…eles mostrar… mostraram (nós, os atrasados, só lhes seguimos o rasto!) só que…a bike do Sérgio tomou a mal e começou a ceder! Nada de grave, (também era melhor! Uma máquina daquelas!) apenas um parafuso perdido e umas voltas de “cu” para o ar à procura dele, mas…Nicles! O parafuso resolveu…ficar por ali. Seguimos então, ao encontro da parte final do percurso, que seria o osso mais duro de “roer”, ou seja, a subida à lixeira! Pois…aí é que os “fracos” se desforram de alguns dos “bons”! Bem feito! Aí só quereis descidas!? Há que dar ao “toco”! Mas com maior ou menor dificuldade, todos chegaram ao cimo da encosta (quer dizer, quem não subiu em cima “dela”…subiu com “ela” à mão!). Depois, descemos pela Pedra Fina e num instantinho estávamos em casa, terminando assim mais um passeio semanal. Para terminar o que se pode dizer é que…NUNCA MAIS É SÁBADO!


video
Vídeo

Antes de começar a rolar...já havia problemas!!

Era a "jumenta" do Jy que não queria ir!!

Aqui vamos nós ao lado dos quivis
Em direcção a Cabanas

Não! aqui o Tony ainda não tinha caído!

Da casa de Cabanas...
só restam as ruínas!

De Cabanas, para a S. Marinha

Pois!! O pior é que é preciso puxar a "mula"!

Aqui, já se começava a poder pedalar.

Uns, ainda iam com a bike à mão..
outros já pedalavam, enquanto outros...
...Já estavam de rastos!!

Como é Tony!!? Por este andar ainda vais...
para o Guinness!!
É duro não é Tony!?
E o pior é que o fotógrafo
apanha-te quase sempre!!
Aí vai o Sérgio

Com é Zé!? Vai ou não vai!?

Descida da S. Marinha para Freitas.
Aqui é que os "cagarolas"
só vêem o rasto dos "destemidos"!!
Nós havemos de lá chegar!!
Aqui, já o Tony se levantava...
da segunda queda!!
como o fotógrafo vinha para trás...
não registou!! Azar...!
Depois de umas sacudidelas,
o Tony lá montou novamente!
Uma encosta espectacular,
entre Freitas e a Sra do Monte!!
Obrigatório parar, para contemplar
e tirar umas fotos!!
Paisagem muito bonita!!
sem dúvida!!
Depois da paragem..

...Uma descida bem acentuada!!

Aqui vem o Zé, perna em cima,
perna em baixo!!
Cuidado Zé!! Não caias!!

Pois..é melhor assim!!

Olha o Filipe!!
Este ao baixo...
da-lhe duro!!
Olha outro!!

Ah!! é o Sérgio!!!
Então este ao baixo...
é só gás!!!
O Nelo e o Tony são cá dos meus...
ao baixo...toca a travar senão...
pumba!!!
Paragem para reforço e...
...Descansar um pouco!!

Vida de ciclista é dura, não é Tony!!?

!!!? Ele há cada uma!!!
O sacrifício que se faz por uma foto!!
Merenda comida...

...Bora que se faz tarde!!

Não desanimes Tony!!
Tu hás-de lá chegar!!
Na Sra do Monte.

Aqui, andavam "cus" no ar, à procura...
do parafuso!!!
mas ele não quis aparecer!!!...
...E a scott do Sérgio...ia-se ressentindo disso!!

Mais uns momentos e tudo ficaria remediado!
Aqui, já ia-mos a caminho da subida "rainha""

O Tony já treinava para o que vinha a seguir!!!

Última foto, antes de chegar ao alto da subida.
É que subir "aquilo" e tirar fotos...
não dá!!!
Depois da subida, encontramos uns amigos
que também tinham ido dar uma voltinha!!
Aproveitamos para conversar um pouco.
Depois de "duas de treta"...
embora que são horas da "papinha"

7 comentários:

  1. Realmente,estes passeios dos sábados estão a tornar-se cada vez mais porreiros, primeiro, porque nos últimos tempos tem aparecido bastante pessoal e a gente diverte-se mais.Em segundo, como é dito na introdução, porque o Tony todos os sábados nos tem brindado com os seus habituais tombos! E eu, nesse particular tenho tido o previlégio de assistir a todos, ou quase todos!

    ResponderEliminar
  2. Ola AMIGOS!!! Só queria dizer que foi o passeio que mais adorei desde que faço parte dos pedeladas! Companheirismo, paisagens bonitas, bons trilhos, boas subidas e descidas e as famosas quedas do mais novo elemento dos Pedaladas (eh eh eh). Força Tony... Já fomos todos bem piores que tu! Quanto à "jumenta do JY" depois falamos Sr. João Nogueira...

    ResponderEliminar
  3. Amigo JY a camaradagem é fruto de um convivio continuo entre todos, por isso, vamos lá a levantar o traseiro aos Sábados para que a equipa seja sempre maior, além disso, as tuas piadas fazem falta no grupo. No que diz respeito ás avarias, elas têm acontecido um pouco a todos e não adianta se são "máquinas" ou "jumentas" , no capitulo dos tombos, de facto o Tony leva a dianteira, mas, já por várias vezes lhe fiz concorrência penso que é a atracção do carbono pelo tapete, de qualquer forma faz parte da actividade e serve sempre para animar a malta.
    Abraço a todos e até Sábado.

    ResponderEliminar
  4. Sei que a vida de ciclista é muito dura e de muito sacrificio."Mas quando se corre por gosto não cansa". Isto para dizer que o grupo está cada vez maior e mais unido. Temos de filicitar todo um trabalho de grupo, estando todos a remar, neste caso a pedalar para o mesmo lado. Um grande abraço deste vosso camarada.

    ResponderEliminar
  5. Cá vão mais umas alfinetadas,,,,,,
    CHEFE, hoje vou trata-lo por MESTRE, os seus resumos aos nossos passeios são uma verdadeira obra prima e com muita MESTRIA.
    Aquela da «jumenta, são cá dos meus«melhor dizendo,cagarolas» ou os CÚS para o ar» é mesmo do melhor, depois você consegue descrever em permonor toda a etapa, e com os tombos esto fica mesmo a matar.
    Por agara está tudo MESTRE encontramo-nos no terreno como de costume sejam como for as condições climatéricas. ABRAÇO.

    ResponderEliminar
  6. Olá amigo forasteiro! Tenho me levantado à mesma hora que voces e com muita pena que nao é para ir pedalar!!! Tenho pena de nao ir mas fico (ou tenho ficado) contente com aquilo que vou fazer... A minha casa tá a ficar pronta mas é preciso tratar de promenores como jardim, arrumações, mudanças, etc, etc... Fica a expicação dáda para ti e para os elementos que não sabiam! AQUELE ABRÁÇO!!!

    ResponderEliminar
  7. Meus Senhores,como as "canetas" já não me ajudam a fazer parte do vosso grupo de passeios e como só hoje me consegui entranhar neste vosso saudável ambiente,aqui deixo os meus votos de "BOAS PEDALADAS" a todos, pois nada há de melhor para a saúde que "PEDALAR".Parabens.

    ResponderEliminar